Publicado por: marianammachado | julho 14, 2010

Dia de Centro – compras compritchas e comprões!

Terça-feira havíamos programado uma visita ao centrão de Buenos Aires. Da última vez que fomos à Calle Florida e companhia eu não tinha gostado muito não. Então já fui com a expectativa de ter um bom dia lá em baixo… e não é que me surpreendi?! Consegui fazer algumas várias compritchas… e alguns comprões!

Dessa vez começamos pelo eixo Florida e fomos até a Galeria Pacífico onde passamos um pouco mais de tempo – muito em função do ar condicionado e do banheiro, hehehe!

Aproveitamos mais uma vez um alfajorcito e um sorvetinho da Abuela Goya, uma das minha marcas favoritas e que tem uma enorme loja no subsolo da galeria (compritcha!) . O shopping ainda tinha a decoração de natal e eu consegui tirar essa foto horrorosa aqui ó…

Tá não tive coragem de colocar a foto horrorosa...

Mas o que procurávamos mesmo por lá era o Centro Cultural Borges, que fica no último andar do prédio. É um passeio baratinho e muito legal para quem gosta de arte.  Quando fomos, vimos uma exposição de fotografias e de pinturas abstratas (é claro que eu não me lembro o nome dos autores…).No entanto, uma das coisas mais legais de lá é o espaço aberto que fica sob a claraboia do edifício. Lá pode-se sentar, descansar, comer um lanchinho e, principalmente, apreciar a arquitetura da s Galerías Pacífico de um ângulo diferente. Check it out!

Eu descansando no solzinho.

O Teto da Galeria. O lugar que eu estou sentanda na outra foto fica bem embaixo da claraboia.

Você pode chegar ao centro cultural por dentro da Galería Pacífico (uma entrada bem escondida) , ou por fora, pelas ruas San Martín e Viamonte e a entrada é coisa de 15 pesos (o adulto). A programação está sempre no site

Guto curtindo a arquitetura da Galeria.

Saindo da Pacífico continuamos passeando pelo comércio – estávamos pesquisando preços de tenis de corrida e de passeio e de brinquedos para os meus sobrinhos. Para os tennis fomos em várias lojas por lá, mas uma das maiores multimarcas de calçados e equipamentos esportivos  é a rede Dexter Shops– encontramos bons preços e saímos com alguns pares (isso mesmo, no plural… hehehe! Comprão!). Para os brinquedos também ficamos com uma grande rede – a “El mundo del juguete“. Não encontramos nada tradicionalmente argentino nessas lojas, mas sim boas pechinchas. (comprei uma bateria de Wii genérica pro meu sobrinho – comprão! – bem dificicil de carregar, inclusive). Só fiquei decepcionada porque os portenhos não jogam futebol de botão!!!! Como asssimm?! Vício do meu sobrinho, queria muito comprar uns botões argentinos pra ele… :o(

Continuamos passeando por lá e, estávamos à procura de uma loja muito famosa entre os brasileiros – a Falabella. Outra grande rede que encontramos por lá que segue uma linha de grande magazine mais popular.  Na última viagem o namorado já tinha feito a festa comprando camisetas por lá. Então fomos procurando pelo mesmo endereço : Florida 242. Lá o Augusto comprou mais uma vez uma série de camisetas a coisa de 10 reais cada. Uma pechincha…

Mas a nossa maior surpresa foi descobrir que a Falabella tem outras duas lojas ainda maiores na própria Calle Florida. Na primeira loja você encontra alguns equipamentos eletrônicos e roupas esportivas (parece que a brasileirada vai lá procurando aixos preços da marca Everlast – como desconheço a marca, não me preocupei muito com ela não…). Na seguinte você encontra produtos para a casa/decoração (tipo itens  de cama-mesa-e-banho) e uma delicatessen com coisas bem sofisticadas ! Aí sim compramos produtos tipicamente argentinos – vinhos com bons preços, pastinhas, patês, chás, biscoitos… um monte de coisa! hehehehe… (compritchas!). A última Falabella é uma grande loja de departamento bastante sofisticada – perfumes, maquiagem, jóias, bolsas, sapatos, roupas femininas… acho que são dois ou tres andares de loja. Eu investi num guarda-chuva super legal pois estavamos cansados já. (mais compritcha!).

Achar essas lojas fez o passeio pelo centro mais legal – não só pelo preço, mas porque saímos um pouco das lojas de bugingangas e de couro – alias, as roupas de couro têm um preço bom por lá, mas eu gostei mais das coisas que vi de marcas argentinas mais famosinhas… as daquelas lojas “especializadas” em couro tendem ao cafona, honestamente, e é  difícil (porém possível, claro)  achar algo que bacanudo por elas.

Depois de todas essas sacolas seguimos ao obelisco – onde tiramos foto dos três reis magos. Na argentina a tradição não é dar presentes de natal no dia 25/12, mas sim em 06/01 – dia de reis (faz sentido, ne!?) e a cidade estava enfeitada e cheia de reis magos espalhados pelas ruas. Aliás, vocês sabem os nomes dos rei magos e os presente que eles deram? Resposta depois da foto, hehehe…

Em frente ao obelisco, os três reis magos - o Baltazar tava bem cochilando, mas acordou na hora da foto...

Os tres reis magos são Melgior, Baltazar e Gaspar e eles deram ouro, incenso e mirra de presente! #trivia

Paramos para almoçar em uma das lojas da cadeia Il Gatto – e a comida estava bem gostosa. Fui de salmão grelhado e saladinha e o namorado foi de espageti com frutos do mar. Bem barato e bem bonitinho – vale a pena para uma refeição despretenciosa. É legal também que eles oferecem um menu de baixas calorias – ótimo para quem quer evitar as tradicionais  papas fritas.

Almoço light no Il Gatto

Enfim, não tenho muitas fotos desse dia, não, mas foi uma experiência BEM melhor que a anterior. E eu tava querendo saber: Como foi a experiência de vocês no centro de Buenos Aires? Alguma outra dica?

Ah! E no próximo post eu escrevo sobre a devolução de taxa das coisas que você compra por lá.


Responses

  1. Achei muito legal a sua publicação e achei que talvez você possa me ajudar. Vou a Buenos Aires no início de Janeiro e estou meio perdida sobre o que fazer dia 6, pois é Dia de Reis e feriado. Você sabe o que funciona, se as lojas abrem, os museus etc.?
    Estava pensando em percorrer a Av. de Mayo ou a Av. Corrientes. A Casa Rosada, por exemplo, abre nesse dia?
    Obrigada.

    • Oi Veronica. Eu estava lá no dia 6 e não me lembro de ser feriado não. Se nao me engano, 6 de janeiro foi a terça feira em que passeamos pelo centro e fizemos todas as compras nesse dia. Tava tudo aberto. Sobre a casa rosada, sugiro entrar no site do museu… eles certamente têm um calendário já fechado… aí vc descobre se vai estar aberto mesmo… Mas não tive nenhum problema por lá nao… o comercio tava todo aberto


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: